MEDICINA AEROESPACIAL


MEDICINA AEROESPACIAL


A Affinitá Medicina Especializada oferece Inspeção de Saúde Inicial e de Revalidação para indivíduos de 2ª e 4ª Classes, a saber, Piloto Privado, Comissário de Bordo, Piloto de Planador e de Aeronaves Leves e de Recreio.

Para isto conta com o apoio da Dra. Ingrid Rodrigues Athayde, especialista em Medicina Aeroespacial pela UNIFA (Universidade da Força Aérea) e credenciada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

O exame tem por objetivo atestar a aptidão física dos indivíduos para o desempenho da atividade aérea de acordo com a regulamentação vigente, RBAC 67 (Regulamentação Brasileira de Aviação Civil 67), através da emissão do CMA (Certificado Médico Aeronáutico), colaborando assim para a Segurança de Voo.

Procedimentos para o exame:
1. Comparecer ao consultório em dia e hora marcada para retirar o envelope com os pedidos dos exames e pareceres de especialistas exigidos pela RBAC67 e preencher o Termo de Responsabilidade – Formulário de Antecedentes Médicos. Clique aqui para ver o termo.
O pagamento da Inspeção de Saúde deverá ser realizado neste momento.

2. Neste dia você deverá levar:
Cópias da Carteira de identidade (RG) e CPF, Código Anac. Para obter o código da ANAC (entrar no site da ANAC: anac.gov.br , no link “solicitar Código ANAC”.
Ou clique aqui para ver o PDF com as instruções.


3. Você terá o tempo MÁXIMO de 60 DIAS para finalizar a sua inspeção de saúde. As avaliações de cada especialista devem ser realizadas seguindo fielmente o que constam nos pedidos, com TODAS as informações solicitadas.

4. Quando TODOS os exames estiverem prontos, você deverá marcar o retorno ao consultório da Médica Credenciada para realizar a finalização da sua inspeção de saúde. Você será submetido a anamnese detalhada e exame físico. Serão avaliados todos os exames e pareceres e, então, caso o candidato se encontre fisicamente habilitado, será realizada a emissão do CMA.

OBS: Os exames e consultas com os especialistas, em princípio, poderão ser realizados através do plano de saúde. (De acordo com as regras de cada convênio).

Laboratoriais
Tipagem sanguínea (ABO+RH) - validade: não possui;
Hemograma completo - validade: 90 dias;
Creatinina - validade: 90 dias;
Colesterol total + frações (HDL/LDL/VLDL) - validade: 90 dias;
Triglicérides - validade: 90 dias;
Glicemia em jejum - validade: 90 dias;
Ácido úrico (apenas a partir dos 35 anos) - validade: 90 dias;
Beta HCG - validade: 30 dias (Somente Mulheres);
Urina I - validade: 90 dias;

Cardiológico
Teste Ergométrico em esteira com laudo e traçado - validade: 180 dias;

Neurológico
Eletroencefalograma com fotoestímulo, laudo e traçado - validade: 180 dias;

Radiológico
Raio X de Tórax com laudo - validade: 180 dias;
Laboratoriais
Tipagem sanguínea (ABO+RH) - validade: não possui;
Hemograma completo - validade: 90 dias;
Creatinina - validade: 90 dias;
Colesterol total + frações (HDL/LDL/VLDL) - validade: 90 dias;
Triglicérides - validade: 90 dias;
Glicemia em jejum - validade: 90 dias;
Ácido úrico (apenas a partir dos 35 anos) - validade: 90 dias;
Beta HCG - validade: 30 dias (Somente Mulheres);
Urina I - validade: 90 dias;

Cardiológico
Teste Ergométrico em esteira com laudo e traçado - validade: 180 dias;

Neurológico
Eletroencefalograma com fotoestímulo, laudo e traçado - validade: 180 dias;

Radiológico
Raio X de Tórax com laudo - validade: 180 dias;
Raio X Panorâmico Odontológico - validade: 180 dias;
Laboratoriais
Tipagem sanguínea (ABO+RH) - validade: não possui;
Hemograma completo - validade: 90 dias;
Creatinina - validade: 90 dias;
Triglicérides - validade: 90 dias;
Glicemia em jejum - validade: 90 dias;
Beta HCG - validade: 30 dias (Somente Mulheres);

Cardiológico
Eletrocardiograma com laudo e traçado (a partir dos 40 anos) - validade: 180 dias;

Radiológico Raio X de Tórax com laudo - validade: 180 dias;
Laboratoriais
Tipagem sanguínea (ABO+RH) - validade: não possui;
Hemograma completo - validade: 90 dias;
Creatinina - validade: 90 dias;
Colesterol total + frações (HDL/LDL/VLDL) - validade: 90 dias;
Triglicérides - validade: 90 dias;
Glicemia em jejum - validade: 90 dias;
Ácido úrico (apenas a partir dos 35 anos) - validade: 90 dias;
Beta HCG - validade: 30 dias (Somente Mulheres);
Urina I - validade: 90 dias;

Cardiológico
Teste Ergométrico em esteira com laudo e traçado - validade: 180 dias;

Neurológico
Eletroencefalograma com fotoestímulo, laudo e traçado - validade: 180 dias;

Radiológico
Raio X de Tórax com laudo - validade: 180 dias;

Avaliações de Especialistas

• Oftalmologista;
• Psiquiatria;
• Otorrinolaringologia (Somente PP);
• Psicológico (Clique aqui)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Caso sejam encontradas alterações na história clínica ou nos exames complementares, é de responsabilidade e prerrogativa da Médica Credenciada, solicitar exames adicionais que elucidem o caso, como versa a RBAC 67. Neste caso o candidato deverá realizar os exames adicionais e retornar ao consultório em dia e hora marcados para a análise dos mesmos (não será cobrada nenhuma taxa adicional). Iniciar a perícia não é garantia de aprovação, em caso de inaptidão o candidato poderá entrar com pedido de recurso na ANAC.

Clique aqui para informações sobre patologias que desqualificam para a função desejada.


Como recorrer?

Para dar início ao processo, o candidato deverá solicitar cópia da Ficha de Exame de Saúde Pericial (FESP) assinada pelo examinador que realizou seu último Exame de Saúde Pericial (ESP). Além disso, deverá apresentar laudo ou parecer de médico inscrito no CRM com Registro de Qualificação de Especialista (RQE) na área em que recebeu o julgamento incapacitante (a consulta em busca dos médicos com RQE pode ser realizada no portal do Conselho Federal de Medicina: www.cfm.org.br). A FESP e os demais documentos utilizados para fundamentar a solicitação de recurso deverão ser enviados como anexos (em envelope lacrado com a inscrição: “RESERVADO”) do requerimento.
O requerimento deve ser endereçado à Gerência Técnica de Fatores Humanos (aos cuidados de profissional médico delegado à GTFH/GCEP/SPO/ANAC - Av. Presidente Vargas, 850, 10º andar, Centro, Rio de Janeiro, RJ, CEP: 20.071-001) ou pode ser protocolizado na Sede da ANAC em Brasília, nas Representações Regionais, ou nos Núcleos Regionais de Aviação Civil da ANAC. Os endereços estão disponíveis na Internet, na página: Clique aqui para ver o modelo.